Vitaminas

Vitaminas são moléculas orgânicas necessárias, em quantidades muito pequenas, para reações metabólicas. Como as vitaminas não são sintetizadas no corpo, é preciso consumi-las por meio dos alimentos.

As vitaminas não uma fonte de energia.

Uma deficiência primária ocorre quando a ingestão de vitaminas é insuficiente para atender às necessidades fisiológicas. A deficiência secundária acontece quando a absorção é prejudicada ou quando ocorre uma eliminação excessiva, o que limita e diminui a biodisponibilidade da vitamina.

Tipos de vitaminas

Existem duas categorias de vitaminas: hidrossolúveis e lipossolúveis.

As vitaminas hidrossolúveis são as que se dispersam ou se dissolvem na água. Os exemplos de vitaminas hidrossolúveis são a vitamina C e as vitaminas do complexo B (tiamina, riboflavina, niacina, folato, piridoxina, vitamina B12, biotina e ácido pantotênico).

As vitaminas hidrossolúveis são mais facilmente absorvidas no intestino delgado. O armazenamento de vitaminas hidrossolúveis é minimo. Quando as vitaminas não consumidas através da dieta diariamente, desenvolvem-se rapidamente as deficiências.

Em geral, os excessos não provocam toxicidade e são excretados na urina. Se os níveis de vitamina forem cronicamente altos, devido a suplementação inadvertida, o resultado pode ser danoso.

As vitaminas lipossolúveis dissolvem-se em substâncias ou tecidos gordurosos e incluem as vitaminas A, D, E e K. A bile é necessária para a absorção de vitaminas lipossolúveis á partir do intestino delgado.

Os excessos de vitaminas lipossolúveis são armazenados no fígado, no baço e em outros tecidos gordurosos. A sobrecarga de vitaminas lipossolúveis pode provocar toxicidade, resultando em doença.

Veja também:

Vitamina B3 ou Vitamina PP – Niacina

Vitamina E – Para que Serve Onde Encontrar

a-saúde-brota-da-natureza

Compartilhar: