Saúde Bucal: Cuidados para Manter a Saúde da Boca

principais-cuidados-para-manter-saúde-bucal

Assim como as demais partes do corpo, a nossa boca também precisa de atenção especial.

Visitar um dentista periodicamente diminui as chances de desenvolver problemas bucais e identificar outros já existentes, a fim de resolvê-los antes que causem maiores prejuízos,  comprometendo não apenas a saúde bucal, mas também a saúde do corpo como um todo.

Principais cuidados para manter a saúde bucal

É preciso ter em mente que a saúde bucal vai muito além de uma boa escovação. Além dela, existem outros fatores que estão diretamente ligados com a saúde da boca.

Investir em bons produtos bucais

Para cuidar da saúde bucal de forma adequada é preciso investir em qualidade.

E quando se fala de investimento, muitos podem pensar que para isso é necessário disponibilizar um alto valor do orçamento. Mas isso é, na verdade, um engano.

É possível encontrar produtos bucais de qualidade com preços acessíveis. O segredo é pesquisar e ver as possibilidades compatíveis com o seu orçamento.

Os produtos abaixo são indispensáveis para utilizar na higienização do dia a dia:

  • Enxaguante bucal com flúor;
  • Escova de dentes com cerdas macias;
  • Creme dental anti cáries e com flúor;
  • Fio dental.

A união dos produtos acima faz com que a saúde bucal seja mais eficaz, afastando a possibilidade de desenvolver doenças.

E além de manter uma rotina de cuidados em casa, uma ótima dica é possuir uma necessaire com esses produtos na bolsa.

Dessa forma, fica ainda mais prático aplicar os cuidados bucais aonde quer que você esteja.

Escolher um bom plano odontológico

Um outro cuidado importante é contratar um plano odontológico completo.

Para isso, é necessário muita pesquisa a fim de verificar se o plano escolhido oferece cobertura para todos os procedimentos que você precisa.

É necessário ter em mente que em alguns casos o barato pode acabar saindo caro e, por isso, na maioria das vezes compensa aderir um plano de maior valor e que tenha uma ampla rede credenciada capaz de oferecer atendimentos emergenciais com um dentista 24 horas, por exemplo.

Além disso, a maioria dos planos não oferecem cobertura para procedimentos estéticos como clareamento.

Isso por que os procedimentos comuns cobertos pelos convênios são aqueles que estão mais relacionados a saúde bucal.

Outro ponto importante a ser analisado é em relação à necessidade de um tratamento ortodôntico.

Se essa for a sua realidade, o ideal é buscar por um plano odontológico com ortodontia.

Nem todos os planos oferecem esse tratamento, sendo assim, trata-se de uma informação importante para conferir antes de aderir a um convênio.

Visitas periódicas ao dentista

Muitas pessoas podem não saber, mas o ideal é que a visita ao dentista seja feita a cada seis meses.

Isso por que muitos problemas bucais ganham maiores proporções devido à falta de uma visita ao dentista.

Quando se faz visitas periódicas, o profissional é capaz de tratar os problemas logo no início deles, evitando que causem prejuízos ao ponto de fazer com que os dentes sejam completamente comprometidos, por exemplo.

Pare para pensar: muitas pessoas que acabam necessitando de uma extração dentária poderiam ter evitado o procedimento com uma simples visita a uma clínica odontológica.  

Pensando nisso, que tal agendar uma consulta com um dentista?

Durante a consulta, o profissional fornece todas as orientações necessárias e indica os tratamentos que devem ser realizados, caso você apresente algum problema bucal.

Assim, você realiza procedimentos importantes como a limpeza, restauração e outros tipos que costumam ser realizados nas visitas.

Cuidar da alimentação

Sabemos que alguns alimentos que sejam compostos por um nível maior de açúcar são capazes de comprometer com maior facilidade a composição dentária, causando cáries e outros problemas.

A alimentação é fundamental para a saúde de todo o corpo e não seria diferente com a saúde bucal, não é mesmo?

Por exemplo, o consumo excessivo de cafeína pode comprometer o esmalte dentário.

Nada em excesso é bom e, por isso, muitos profissionais da área indicam moderação na ingestão de alguns alimentos como doces, carboidratos ricos em amido, refrigerante, vinho isotônico, entre outros.

Mas, atenção: o grande problema não é ingerir esses alimentos, e sim ingerí-los em excesso e não escovar os dentes após a ingestão.

principais-cuidados-para-manter-saúde-bucal

Higiene bucal correta

O ideal é não ultrapassar trinta minutos para escovar os dentes após a ingestão de alimentos.

Caso esse tempo seja ultrapassado, existe uma grande propensão de danos serem causados aos seus dentes como o desenvolvimento das cáries, por exemplo.

Então, a escovação deve ser feita com movimentos circulares. É importante enfatizar que uma boa escovação não consiste em colocar força na escova de dente.

Portanto, quanto maior o tempo de escovação e elevação da escova por toda a composição dental, mais completa e eficaz ela é.

Além da escovação, é necessário pelo menos uma vez ao dia utilizar o fio dental, pois muitos alimentos ficam entre os dentes e nem sempre a escova de dentes consegue alcançá-los.

Além disso, utilizar enxaguantes bucais também é uma ótima opção para manter um bom hálito e evitar a proliferação de bactérias e germes.

Muito além apenas da estética, a saúde bucal é fundamental para que todo o nosso organismo esteja em equilíbrio.

Portanto, coloque em sua rotina os pontos que compartilhamos nesse post para manter a sua saúde bucal em dia e, consequentemente, o sorriso saudável.

emagrecer em 30 dias