Reeducação Alimentar para uma Vida Mais Saudável

Muito natural e saudável, a reeducação alimentar é a melhor forma de emagrecer, como um meio seguro de perder peso para sempre.

Para entender mais sobre seu funcionamento e seus objetivos, confira algumas informações sobre o processo e aplique-o a fim de emagrecer sem impedimentos:

Com tantas dietas disponíveis na internet, podemos encontrar diversos tipos de soluções, sendo estas as mais saudáveis ou prejudiciais possíveis.

Entre os dois extremos, o melhor a fazer é buscar pela reeducação alimentar, capaz de promover o emagrecimento naturalmente.

Essa forma de perda de peso evita o risco de engordar novamente, ensinando o individuo a comer de tudo em quantidades corretas, sem impedir de comer qualquer coisa.

Se o corpo humano funcionasse apenas como uma máquina, sem emoções ou sentimentos, talvez fosse extremamente fácil emagrecer fazendo aquele regime severo, que dura pouco tempo e garante resultados bastante rápidos e duradouros. Porém não somos assim.

O ato de se alimentar vai além do fator biológico, que seria, essencialmente, para nutrir nossas células. Afinal, está relacionado com nossa cultura, lembranças, rotina e afeto.

Ao fazermos uma dieta muito restritiva, deve-se levar em conta nossa ansiedade, cotidiano corrido, nosso gosto por comida, e principalmente aquela comida “junk food”… Por isso, quem deseja entrar em forma precisa considerar não uma dieta, mas uma reeducação alimentar, que poderá guiar direto para uma vida saudável para sempre.

O que é Reeducação Alimentar?

A reeducação alimentar é um processo simples que prioriza bons alimentos, mais saudáveis.

A reeducação alimentar é uma forma de emagrecimento, aplicada como um processo de aprendizagem, que envolve tanto a mudança de comportamento quanto a transformação de seu cardápio.

Exercida por meio de orientações nutricionais muito diretas e específicas, onde são incorporados diversos hábitos alimentares saudáveis, a reeducação trabalha na instrução sobre a dieta, exercendo uma força profunda contra seus antigos hábitos.

Essa mudança interna é um dos principais objetivos da reeducação alimentar, que pretende instruir o individuo sobre as medidas certas em suas refeições e sobre a prevenção de riscos.

A reeducação alimentar não consiste em deixar de comer tudo o que gosta e passar a comer somente frutas, verduras, legumes e alimentos light. Muito pelo contrário, é aprender que você pode comer tudo, mas sem exageros e de forma equilibrada.

O ideal é que o processo seja feito individualmente e com orientação de uma nutricionista, pois uma recomendação pode ser adequada para uma pessoa mas não será para outra.

Deve-se levar em conta o estilo de vida, assim como a presença de doenças pré-existentes. Por isso, algumas atitudes interessantes podem te guiar nesse processo de busca pelo aprimoramento do seu corpo e uma vida mais saudável.

Benefícios da reeducação alimentar

O emagrecimento saudável produzido pelos métodos de reeducação alimentar é a maior vantagem do procedimento, que promove a perda de peso efetiva, longe de efeitos sanfona ou acúmulo de gorduras em qualquer parte do corpo.

Além de ajudar na estética, a reeducação alimentar ajuda a equilibrar a saúde do individuo, gerando uma realidade amplamente diferenciada acerca dos antigos hábitos de cada sujeito.

As dietas balanceadas podem influenciar tanto no seu emagrecimento quanto ao bem estar, assegurando maior resistência do corpo e uma saúde de ferro.

Como funciona a reeducação alimentar

A aplicação das dietas de reeducação alimentar é feita a partir de alterações alimentares saudáveis, que envolvem tanto seus hábitos quanto o que você consome.

Tudo começa com a utilização de alimentos naturais, abolindo por completo os alimentos industrializados. As refeições do dia devem ser feitas de três em três horas, sem pular o café da manhã e contando com o consumo de pelo menos três frutas por dia.

A ingestão de legumes é obrigatória ao almoço e jantar, preparados ao lado de alimentos simples feitos refogados, assados ou grelhados.

Longe de frituras, o último passo na limpeza e reestruturação do organismo é a hidratação, contando com a ingestão mínima de pelo menos 1,5 litros de líquidos por dia, como água ou chá sem açúcar. Seguindo essas dicas, já terá meio caminho andado em sua nova dieta.

Algumas atitudes simples para uma boa Reeducação Alimentar

Dentre as atitudes que você pode ter nesse processo, estão algumas bem básicas, como melhorar a ingestão de água, bebendo de 8 a 10 copos por dia, evitar consumo de alimentos industrializados e fast-food, tomar mais sucos e menos refrigerantes, entre outras.

Além de se exercitar, pode utilizar modeladores para o corpo, o modelador é uma forma de fazer com que sua pele fique mais firme, através da utilização de cintas e peças próprias para isso.

dicas-para-reeducação-alimentar

Outras atitudes que podem fazer parte deste processo: incluir alimentos integrais no seu cardápio, evitar o consumo de alimentos ricos em gordura como: frituras, carnes gordas, queijos amarelos, manteiga, comer de forma moderada e devagar, digerindo bem os alimentos, entre outras coisas.