Queda de Cabelo Masculina: Causas e Possíveis Intervenções Cirúrgicas

É comum que uma pessoa perca de 120 a 200 fios de cabelo por dia – lembrando que cada uma tem, aproximadamente, 150 mil fios.

Mas, em certos casos, algumas pessoas começam a perder mais fios capilares do que o normal, e eles acabam não crescendo no lugar.

Muitas pessoas ficam com medo quando acham cabelo no ralo ou na escova, mas, nessas situações, é normal o cabelo cair mais, já que o folículo se rompe por conta do trauma que sofre.

A perda de mais fios capilares acontece com mais frequência e quantidade depois que dos 50 anos; caso esse processo aconteça antes, é sinal de que algo anormal está acontecendo no corpo.

Como funciona o ciclo capilar

Tanto o ciclo capilar masculino quanto o feminino acontece em 3 fases, chamadas:

  1. Anágeno;
  2. Catágeno;
  3. Telógeno.

No primeiro ciclo, o cabelo cresce ativamente no tempo de 3 a 6 anos, aproximadamente. Nele, o cabelo cresce 1,2cm por mês.

No segundo ciclo, o cabelo para de crescer e pode ficar estagnado por até 2 anos.

No terceiro ciclo, os fios fracos e velhos caem, e outros, agora novos, nascem no lugar, fazendo com que o couro cabeludo seja renovado e fique forte.

Mas, quando uma pessoa sofre com estresse, anemia, alterações hormonais ou qualquer outra disfunção no corpo, todo esse ciclo é alterado.

Por que falar da queda de cabelo masculina?

Os homens sofrem mais com a perda dos fios do que as mulheres. De acordo com a Associação Brasileira de Cirurgia de Restauração Capilar, 40% dos homens sofre com a queda de cabelos antes de completar 35 anos.

O ciclo capilar acontece com todas as pessoas, mas ele se altera mais facilmente nos homens, por conta de problemas comuns.

Um dos principais motivos para a queda capilar em homens é a alopecia androgenética, que é o nome oficial da calvície. Essa patologia acontece porque testosterona enfraquece os fios e faz com que a queda seja acentuada.

Se a pessoa descobrir o motivo dos fios estarem caindo logo no começo, fica mais fácil saber qual é o tratamento certo, evitando a progressão da queda capilar.

Tratamentos mais indicados para queda de cabelo masculina

1 – Laser com baixa penetração

A luz desse laser age direto no bulbo capilar, estimulando a multiplicação das células do cabelo.

Outra coisa bacana é que ele auxilia os vasos transportadores de oxigênio e nutrientes, dilatando-os, e tornando a matriz capilar mais forte, com uma ótima ação anti-inflamatória.

O tempo estimado para ter o resultado esperado é de 6 meses, e este não é considerado um procedimento doloroso.

2 – Eletroestimulação

Esse procedimento é feito com microcorrentes, dando alguns pequenos choques no couro cabeludo.

Esse estímulo da multiplicação de células direto no bulbo capilar faz com que a queda seja interrompida, e o cabelo volte a crescer naturalmente.

O tempo estimado para o resultado dos sonhos é de 6 meses, e est também não é considerado um procedimento doloroso.

3 – Intradermoterapia

Neste procedimento, passa-se um rolo de microagulhas no couro cabeludo, abrindo pequenos canais.

Por meio deles, algumas substâncias (como proteínas ou silício orgânico) são introduzidas e interrompem a queda dos fios, estimulando o crescimento do cabelo.

O tempo para ter um bom resultado é de 6 meses, e é considerado um procedimento um pouco doloroso.

4 – Dutasterida

Ele combate de forma eficaz a queda capilar e é considerado ainda melhor do que a finasterida (geralmente usada em muitos tratamentos de calvície).

Os resultados dessa droga sintética demoram até 6 meses para aparecer, e, por se tratar de um medicamento, não é doloroso.

5 – Implante/transplante capilar

Antigamente, o transplante capilar era feito com o próprio fio do paciente e só servia para quem tinha pelo menos 40% dos fios capilares no couro cabeludo; já o implante capilar era feito com fios sintéticos.

Hoje em dia, os 2 procedimentos são considerados a mesma coisa (já que é proibido usar fios sintéticos, por causa da possibilidade de rejeição).

Para os homens que sofrem de calvície, o implante/transplante capilar pode ser o melhor procedimento – ele dura para a vida inteira e ainda ajuda no crescimento dos fios naturalmente.

O procedimento não costuma ser dolorido e dura de 2 a 5 horas, aproximadamente.

Os fios que foram implantados demoram 4 semanas para cair e, depois, novos fios nascem naturalmente; assim, o resultado pode ser visto de forma completa em até 8 meses.

Além dos procedimentos mencionados anteriormente, há alguns tratamentos naturais que podem ajudar bastante a diminuir a queda capilar.

Cada procedimento vai dar resultado de acordo com o motivo que fez os fios caírem, por isso é importante descobrir a causa antes de apostar em um dos tratamentos falados aqui.

Queda de Cabelo Masculina

Causas da queda de cabelo masculino

Alguns motivos da queda de cabelo em homens são:

Alteração nos hormônios

As deficiências ou alterações repentinas em hormônios podem causar queda capilar, pois desregulam o organismo, atrapalhando a chegada de nutrientes nos folículos capilares.

Dietas muito rígidas

Quando uma pessoa segue uma dieta rígida, normalmente vai faltar alguma vitamina (como complexo B ou C), proteína, mineral ou carboidrato no cardápio.

Como o crescimento dos fios requer uma quantidade grande de minerais, a falta dos nutrientes dessas dietas pode deixar alguns fios frágeis e fazer com que outros caiam.

Estresse

Por mais que o estresse, por si só, não faça com que os cabelos caiam, ele demanda uma energia maior do que o corpo está acostumado, diminuindo a produção de fios.

Além disso, o estresse produz mais cortisol no organismo, e esse hormônio pode desacelerar a divisão das células na raiz.

Alopecia androgenética (hereditário)

A calvície, geralmente, é hereditária, e os homens são os mais atingidos. Chamada cientificamente de alopecia androgenética, ela é identificada nas falhas laterais da testa e partes superiores da cabeça.

Geralmente, por ser genético, o procedimento mais adequado é o implante/transplante capilar, que enxerta fios de cabelo de regiões sem a doença e estimula o crescimento dos fios de forma natural.

Leia também:

Óleo de coco no cabelo

diabetes controlada