Quando fazer uma rinoplastia?

quando fazer rinoplastia

Também conhecida como cirurgia plástica do nariz, a rinoplastia é um procedimento cirúrgico e estético que cada vez mais ganha adeptos.

Sua principal função é aperfeiçoar o perfil do nariz, alterar a ponta do órgão ou diminuir a largura do osso, deixando o rosto do paciente mais harmônico e turbinando sua autoestima.

No entanto, também existem situações em que a rinoplastia é um procedimento de finalidade médica, já que esta cirurgia plástica pode melhorar a respiração do paciente.

O procedimento é bastante comum após a realização da cirurgia para desvio de septo, por exemplo.

No entanto, alguns cuidados pré e pós-operatórios são necessários para que o paciente possua alcance na cicatrização e evite complicações.

dieta cetogenica

quando fazer rinoplastia

Quando a rinoplastia é indicada?

A rinoplastia é recomendada em alguns casos em que o paciente tenha o objetivo de corrigir determinadas imperfeições.

Além de melhorar a respiração após a cirurgia do desvio de septo, a pessoa deve buscar pela intervenção cirúrgica se almejar:

  • Diminuir a largura do osso do nariz;
  • Modificar a direção da ponta do nariz;
  • Alterar a ponta do nariz;
  • Diminuir narinas arrebitadas, grandes ou largas;
  • Inserir enxertos para promover correções da harmonia facial.

É importante salientar que, antes da cirurgia plástica, é de praxe que o médico solicite a realização de exames laboratoriais, podendo até mesmo suspender algum medicamento que o paciente consuma.

Os exames são necessários para identificar possíveis contraindicações.

Dentre as quais, merecem destaque o fato de o paciente estar em processo de recuperação de alguma doença grave, apresentar hipertensão arterial fora de controle, possuir doenças infecciosas, diabetes, problemas cardíacos severos ou dificuldade de coagulação do sangue.

É preciso salientar que muitos desses problemas são facilmente contornáveis por meio de um tratamento prévio, podendo haver a posterior liberação para a rinoplastia.

A cirurgia também só é indicada para maiores de 15 anos.

Cuidados necessários para uma boa cicatrização

O pós-operatório da rinoplastia, como qualquer intervenção cirúrgica, é delicado e exige cuidados e esforços do paciente.

A primeira missão é seguir à risca a orientação médica. Por ser um procedimento relativamente simples, a rinoplastia leva de 10 a 15 dias até que o paciente se recupere.

É normal que a pessoa apresente sangramento nasal, dor, desconforto e escurecimento da região nos primeiros dias.

Neste início, o paciente deve manter o rosto enfaixado, de modo a manter o nariz apoiado e protegido, como forma de incentivar a boa cicatrização.

O médico também pode receitar anti-inflamatórios e analgésicos com o objetivo de atenuar a dor e o desconforto do paciente nos primeiros 5 ou 10 dias depois da cirurgia.

Alguns esforços por parte de quem se submeteu à operação também são necessários, como evitar a exposição solar e a utilização de óculos de sol.

O paciente também precisa evitar fazer esforços físicos nos primeiros 15 dias após a cirurgia, ou até que o médico o libere.

Outro ponto a ser mencionado é a necessidade de dormir com a cabeça para cima.

Em geral, a rinoplastia é um procedimento adotado e divulgado cada vez mais por famosos por possuir resultados expressivos e satisfatórios, que visam a melhoria da harmonização da face, da autoestima e da correção de imperfeições no rosto das pessoas.