Proteínas – O que são e quais suas funções

As proteínas consistem em cadeias de aminoácidos. Há 22 aminoácidos a partir dos quais originam-se outras proteínas. Classificados em aminoácidos essenciais e não-essenciais.

Os 10 aminoácidos essenciais não podem ser fabricados pelo corpo e são absorvidos de fontes alimentares.
Os 12 aminoácidos não-essenciais podem ser elaborados pelo fígado.

As proteínas ajudam a construir os tecidos e cumprem uma variedade de papéis fisiológicos. Exemplos de proteínas são hormônios, enzimas e anticorpos.

A formação de proteína é conhecida como anabolismo e o desdobramento de proteína denomina-se catabolismo.

Uma pessoa adulta deve consumir 0,8 g de proteína por kg de peso corporal.

Tipos de Proteínas

As proteínas contidas nos alimentos são classificadas pelos aminoácidos essenciais que elas contém. Proteínas completas contém todos os 10 aminoácidos essenciais, enquanto as proteínas incompletas carecem de um ou mais dos aminoácidos essenciais.

As proteínas encontradas nos alimentos não são as mesmas utilizadas pelo corpo. Durante a digestão, a proteína alimentar é quebrada em aminoácidos. Uma vez absorvidos, os aminoácidos circulam pelo corpo para elaborar novas proteínas.

Função das Proteínas

As novas proteínas exercem numerosas funções como o crescimento e a manutenção, a síntese de substâncias essenciais, a resposta do sistema imune, a regulação de líquido, o equilíbrio ácido-básico e o transporte de nutrientes e outras substâncias no corpo.

A ingestão de proteínas é muito importante durante a fase de crescimento e após uma doença ou traumatismo. A ingestão inadequada ou deficiente de proteínas resulta em um quadro de desnutrição conhecido como marasmo e kwashiorkor.

Leia também:

7 alimentos ricos em proteínas


Atenção: O Dia de Saúde é um meio de divulgação, em linguagem acessível, sobre temas relacionados a saúde e bem estar. Toda a informação contida no site não deve ser utilizada para substituir qualquer diagnóstico ou prescrição médica. Recomendamos que o leitor sempre consulte um profissional de saúde.