Edamame – O que é e Quais os Benefícios

Edamame é a vagem de soja verde, colhida antes que os grãos atinjam o estado de endurecimento.

Edamame não contém glúten e tem baixo teor de caloria, não contém colesterol e é uma excelente fonte de proteína, ferro e cálcio. É uma fonte especialmente importante de proteína para aqueles que seguem uma dieta baseada em vegetais.

Propriedades Nutricionais do Edamame

Edamame é uma fonte completa de proteínas na dieta, o que significa que, como carnes e laticínios, fornece todos os aminoácidos essenciais necessários ao corpo humano.

Os pequenos grãos de soja também são ricos em gorduras poliinsaturadas saudáveis, especialmente ômega-3 (ácido alfa-linolênico), que ajuda na diminuição do colesterol ruim (LDL) e favorece o aumento do colesterol bom (HDL).

Um copo (155 gramas) de edamame congelado, contém 189 calorias, 8 gramas de gordura (1 grama saturada), 16 g do total de carboidratos (8 gramas de fibra e 3 gramas de açúcar) e 17 gramas de proteína.

Uma porção de uma xícara de edamame fornece 10% das necessidades de cálcio, 16% de vitamina C, 20% de ferro e 52% de vitamina K.

Edamame também contém vitamina E, tiamina, riboflavina, niacina, vitamina B-6, ácido pantoténico, colina, magnésio, fósforo, potássio, zinco, cobre e manganês.

Benefícios do Edamame

edamame

Consumir frutas e legumes de todos os tipos tem sido associado com um risco reduzido de más condições de saúde relacionados com o estilo de vida.

Muitos estudos têm sugerido que o aumento do consumo de alimentos de origem vegetal, como edamame, diminui o risco de obesidade, diabetes, doença cardíaca, promove uma pele e cabelo saudáveis e um aumento da energia.

As isoflavonas, presentes em alimentos como a soja, têm sido associados a uma diminuição do risco de osteoporose, enquanto o cálcio e magnésio na soja pode ajudar a diminuir os sintomas da TPM, regular o açúcar no sangue e prevenir a enxaqueca e dores de cabeça.

Doenças do cérebro relacionadas com a idade.

Com base em dados epidemiológicos geográficos, observou-se que as populações que consomem quantidades maiores de soja têm, em geral, menor incidência de desordens mentais relacionadas com a idade.

Doença cardiovascular

O consumo de proteína de soja como uma alternativa à proteína animal reduz os níveis de colesterol LDL, que, por sua vez, diminui o risco de aterosclerose e de alta pressão do sangue.

O câncer de mama e de próstata

A genisteína, a isoflavona predominante na soja, contém propriedades antioxidantes que inibem o crescimento do câncer nas células. Segundo alguns estudos, 10 mg de soja por dia pode diminuir a ocorrência do câncer de mama em 25%.

Depressão

O ácido fólico contido no edamame pode ajudar a diminuir os sintomas da depressão, evitando a formação do excesso de homocisteína do corpo, o que pode impedir que o sangue e outros nutrientes cheguem ao cérebro.

O excesso de homocisteína interfere com a produção dos hormônios serotonina, dopamina e norepinefrina, que regulam não só humor, mas o sono e o apetite também.

Diabetes

As pessoas que sofrem de diabetes tipo 2, muitas vezes apresentam doença renal, fazendo com que o corpo passe a excretar uma quantidade excessiva de proteína na urina.

Alguns relatos indicam que pessoas que consumiram, apenas proteína de soja, eliminaram menos proteína do que aqueles que consumiram somente proteína animal.

Gravidez

A ingestão de ácido fólico, por parte de gestantes, é essencial na proteção contra defeitos do tubo neural (malformações que podem ocorrer no desenvolvimento fetal, no início da gestação). Uma xícara de edamame por dia fornece 121% das necessidades diárias de ácido fólico

Os níveis de energia

A baixa ingestão de ferro também pode afetar a eficiência com que o corpo usa a energia, sendo a principal causa da anemia. Edamame é uma ótima fonte de ferro, juntamente com lentilhas, espinafre e ovos.

edamameInflamação

A colina (vitamina do complexo B) é um nutriente muito importante e versátil, contida no edamame, que auxilia nossos corpos no sono, o movimento muscular, a aprendizagem e a memória.

A colina também ajuda a manter a estrutura das membranas celulares, auxilia na transmissão dos impulsos nervosos, auxilia a absorção de gordura e reduz a inflamação.

Osteoporose

As isoflavonas contidas na soja são conhecidas para reduzir a perda óssea e aumentar a densidade mineral do osso durante a menopausa e, também, por reduzir os sintomas da menopausa.

Como consumir o Edamame

Preparar o edamame é fácil, basta ferver os grãos em água com sal (de preferência sal marinho – sal rosa do Himalaia) por 3 a 5 minutos. Pode ser servido com saladas, sopas, patês ou como você preferir.

Para quem costuma ingerir bebidas alcoólicas, o edamame, como aperitivo, ajuda decompor o álcool e restaurar o fígado, por ser rico em um antioxidante chamado metionina, vitaminas A, B1 e C.

Onde comprar Edamame

O edamame pode ser encontrado sem casca ou na vagem, frescos ou congelados. É facilmente encontrado em supermercados, em embalagens congeladas ou como aperitivos (snacks). Você também pode comprar edamame pela internet. 

Veja também:

diabetes controlada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 − quatro =