Detox – Vilão ou Mocinho?

Mal começa a época de calor e já passamos a ser invadidos pela palavra que tem estado na moda há alguns anos: dieta do detox, detox para emagrecer, detox para limpar o organismo, até detox capilar!

Mas afinal, detox é bom? Oferece algum risco? O que é detox?

É uma dieta apenas de líquidos, com uma variedade bem farta de alimentos que são batidos no liquidificador ou na centrífuga. Geralmente, são elaborados com alimentos que combinem entre si as funções desejadas: frutas, hortaliças, chás, água de coco, água natural e grãos.

A maioria dos sucos combinados usa alimentos da mesma família de cores: melancia, água de coco, hortelã e chá de hibisco fazem os detox vermelho. Os verde, levam couve, laranja, gengibre e abacaxi. Os amarelos quase sempre são com cenoura, laranja, gengibre e hortelã.

As combinações são muito variáveis, o que proporciona um ótimo aumento na ingestão de nutrientes e vitaminas.

A função dos sucos detox é eliminar toxinas, limpar o fígado, ajudar no bom funcionamento intestinal, e promover a eliminação de gorduras. Um detox ao dia é receita de saúde e disposição, pela energia absorvida imediatamente.

O problema começa quando, na ansiedade em perder peso em tempo recorde, tira-se do cardápio toda alimentação sólida e fica-se apenas com os líquidos.

Algumas dietas recomendam apenas a ingestão de detox por uma semana, às vezes, duas semanas. Quais são os benefícios e os perigos dessa dieta?

Os benefícios do Detox:

A profunda hidratação promove realmente uma limpeza orgânica, em especial no fígado, intestino e rins. Ajudam e estimulam o funcionando desses órgãos, e com isso, a eliminação de gordura e toxinas reduz mesmo as medidas.

As vitaminas, ingeridas sem perda de muitos nutrientes, uma vez que são batidas e não cozidas, fornecem muito do que o organismo precisa para repor diariamente todos os nutrientes. Além disso, são antidioxidantes, antiinflamatórios e dão a sensação de saciedade por muito tempo.

Ideal para aprender a consumir alimentos que antes não se importava, além de começar a se interessar pelos valores nutricionais de cada um.

Leia também: Como Emagrecer com Saúde

Os perigos de uma dieta detox prolongada:

A falta de gordura compromete a absorção de outras vitaminas essenciais e a baixa caloria não fornece nenhuma energia necessária para o organismo, provocando mal estar, tontura, fraqueza e indisposição, já que o consumo de carboidratos é retirado durante a dieta detox, e sem ele, não há fonte de energia disponível.

Além disso, o emagrecimento durante a dieta detox é causado pela eliminação de líquidos e não pela queima de calorias. Logo, é um emagrecimento variável, que não vai se manter quando sair da dieta.

Anemia: a falta de nutrientes encontrados em alimentos ricos em ferro provoca freqüentemente episódios de anemias em adeptos do detox prolongado.

É uma dieta muito radical, abolindo alimentos que fornecem as proteínas, tão essenciais a quem faz dieta associado à exercícios físicos.

Não estimula a mastigação e com isso, pode causar ansiedade por mastigar alguns alimentos de temperos mais fortes.

Não faz parte de nenhum processo de reeducação alimentar, por excluir muitos alimentos que são importantes na tabela nutricional.

detox - benefícios e cuidados na dieta detox

De qualquer forma, como toda dieta, o detox deve ser levado com equilíbrio, parcimônia e inteligência. Ninguém consegue se manter saudável levando uma dieta longa e rigorosa sem que haja necessidade real disso, indicada por um especialista, como nutrólogo ou nutricionista e acompanhada de perto.

O segredo de tudo no Universo é manter o equilíbrio e essa é a palavra chave para emagrecer de vez e com saúde. E o melhor de tudo, é manter seu peso ideal para sempre.