Colesterol LDL – Como Baixar o Colesterol Ruim

Controlar o colesterol ruim (LDL) requer ter uma alimentação mais saudável e a prática regular de atividade física.

Dados do Ministério da Saúde, de 2016, mostram que cerca de 40% dos brasileiros sofrem com o colesterol alto, e doenças associadas a esse problema, como infarto e AVC.

A pesquisa feita pela Organização Mundial da Saúde ainda mostra que estas doenças são a primeira causa de morte no mundo.

O colesterol quando está descontrolado se deposita na parede das artérias e forma placas de gordura, provocando o entupimento dos vasos, chamado de aterosclerose. E mais, o acúmulo de gordura também pode obstruir as artérias e vasos, aumentando a pressão arterial, o que pode levar a pessoa a ter derrames e afeta também o funcionamento do coração.

E para garantir uma vida saudável e longe desses problemas é preciso fazer análises clínicas regularmente, praticar atividades físicas e o mais importante: ter uma alimentação saudável e balanceada.

Para controlar o LDL, como é chamado o colesterol ruim, é preciso começar por excluir o consumo de margarina, sorvete, batata frita e biscoitos.

O que consumir para evitar o colesterol ruim

Existem as gorduras do bem que podem ser consumidas para garantir o HDL (colesterol bom), que atua impedindo o acúmulo de gordura ruim nas artérias, como o azeite de oliva e óleo de coco para preparar as refeições, e o consumo de abacates e peixes como sardinha e salmão, ricos em ômega 3.

Alimentos para Baixar Colesterol Ruim

Bateu aquela vontade de comer chocolate? Coma o chocolate amargo. Ele é rico em flavonóides, substância que auxilia na redução dos níveis de colesterol ruim, e ainda reduz as chances de doenças no coração, câncer e protege o cérebro.

Alimentos ricos em fibra são aliados no controle do colesterol ruim, como por exemplo, a aveia. As fibras solúveis melhoram a circulação sanguínea e também controlam o índice de açúcar no sangue.

A linhaça que são sementes ricas em ômega 3 evita a formação de coágulos no sangue e reduz as taxas de colesterol total no sangue e aumenta os níveis de colesterol bom.

Os alimentos de cor alaranjada são ricos em alfa e betacaroteno, que protegem a saúde da pele, olhos e coração. Essas frutas são a laranja, mamão, damasco e a tangerina, que carregam a ação antioxidante, melhorando a imunidade e fortalecendo o sistema respiratório.

A laranja contém também a vitamina C, que é capaz de melhorar a corrente sanguínea e a absorção de ferro pelo organismo. O bagaço quando consumido, faz com que o intestino funcione melhor e automaticamente as taxas de colesterol ficam equilibradas.

E para aqueles que adoram apreciar um bom vinho, uma ou duas doses da bebida por dia faz com que os níveis do colesterol bom seja elevado cerca de 12%. Essa taxa pode aumentar se a pessoa pratica exercícios regularmente, entre três é cinco vezes por semana