Benefícios do Vinho para a Saúde

Quando ingerido sem excessos, o vinho pode ser um aliado à saúde e promover diversos benefícios.

Vinho tinto como alimento funcional

Muito se fala sobre o vinho ser ou não um alimento funcional e muitas dúvidas surgem. De início, é importante explicar que um alimento funcional pode se parecer ou não com um alimento convencional, aqueles usados em dietas que auxiliam na redução de doenças e que contém compostos bioativos.

O vinho é uma bebida feita através da fermentação alcoólica de uva madura e fresca ou suco de uva fresca com presença de bactérias láticas, e utilizado há séculos, principalmente na China e Índia, como antisséptico, estimulador de apetite, diurético, para tratar feridas, amenizar a ansiedade, hipnotizar, anestesiar, e vários outros usos.

O vinho tinto está na lista entre os principais alimentos funcionais e compostos bioativos junto com o alho, cebola, tomate, chocolate amargo, peixe (omega 3), oleaginosas, chá verde, maçã, cogumelos e leguminosas como a soja. A bebida está nesta lista por conter polifenóis, que são componentes naturais presentes no vinho tinto.

Benefícios do Vinho

O vinho traz vários benefícios para a saúde, inclusive a diminuir a probabilidade de desenvolver artrite reumatoide, câncer, doenças do aparelho digestivo e doenças no aparelho urinário.

Quando o consumo é feito moderadamente, a bebida auxilia numa menor incidência de úlcera, pois alivia o estresse, e age positivamente nos anticorpos pela ação antimicrobiana e reduz as chances de formação de cálculos no interior da vesícula biliar.

Segundo artigo da Revista Científica Unilago, o vinho é capaz de reduzir em até 60% o risco de formação de cálculos urinários, pois ele estimula a diurese. E além disso, a bebida é capaz de reduzir os níveis de LDL e aumentar os de HDL, o colesterol bom.

Com relação à circulação de sangue, o vinho deixa as plaquetas menos aderentes e reduz o nível de fibrina, proteína formada no plasma, principal componente dos coágulos, evitando que o sangue coagule em lugares errados. Todos esses efeitos podem prevenir um infarto do miocárdio e osteoporose, pois o vinho melhora a densidade óssea.

benefícios do vinho para a saúde

Beba com moderação

O vinho quando consumido em exagero pode causar problemas na saúde, não podendo ultrapassar o consumo de duas taças por dia, podendo ocasionar cirrose hepática se ingerido regularmente em grande quantidade. Além de provocar problemas cardiovasculares e desenvolvimento de câncer no sistema digestivo.

Os benefícios do vinho à saúde é cientificamente comprovados, mas se o consumo for feito na quantidade certa e com determinada continuidade, e com auxílio de um profissional.

O Projeto Diretriz da Associação Médica Brasileira, Conselho Federal de Medicina e II Consenso Brasileiro para o tratamento da hipertensão arterial recomenda a ingestão diária de 240 ml de vinho para a redução da resistência à insulina e prevenção de doenças vasculares.

Já segundo o Comitê Dietético dos Estados Unidos, os mesmos benefícios seriam alcançados com a ingestão de 140 ml diário. Os benefícios são os mesmos, porém as quantidades são diferenciadas.

Custom Search
Compartilhar: