A Importância dos Exercícios para Diabéticos

Qual a importância, e por quê é tão fundamental o paciente diabético praticar exercícios físicos regularmente e com acompanhamento do seu médico?

Uma das principais síndromes de evolução crônica que acomete o homem moderno, independente de idade, região em que vive e condição social, é o Diabetes Mellitus (DM). Esta doença é caracterizada por uma deficiência total ou parcial de insulina, influenciando de forma negativa o metabolismo de açúcares, gorduras, proteínas, vitaminas, água e minerais.

Quando o controle metabólico é insatisfatório, podem aparecer complicações agudas e crônicas durante sua evolução. Estudos mostram uma prevalência da DM duas vezes maior em obesos e três vezes mais entre aqueles com parentes diretos com diabete.

Após o aumento da glicose (açúcar) no sangue, o pâncreas, mais precisamente nas células beta pancreáticas, libera para a corrente sanguínea o hormônio chamado insulina, na forma de pró-insulina, tendo como objetivo:

  • Permitir a entrada da glicose nas células;
  • Ativar o acúmulo de energia no fígado e músculos, na forma de glicogênio;
  • Estimular a incorporação de aminoácidos nas células;
  • Favorecer a síntese de proteínas

O diabetes mellitus 1 (DM1) é resultado da destruição das células beta pancreáticas, e por consequência, há uma insuficiência de insulina no organismo; o diabetes mellitus 2 (DM2) resulta, em geral, de graus variáveis de resistência à insulina e uma deficiência relativa em sua secreção.

Suas complicações atingem vários tecidos, como o renal, a retina, sistema nervoso, apresentando maior risco de doenças coronarianas e doença vascular cerebral.

Mas qual a importância, e por quê é tão fundamental o paciente diabético praticar exercícios físicos regularmente e com acompanhamento do seu médico? Quais o benefícios? Há riscos?

Importância do Exercício para portadores de Diabetes

Durante a atividade física, a concentração do hormônio insulina diminui, tanto em pessoas não diabéticas como no DM2, pois sua secreção é reduzida pelas células do pâncreas, sendo esse fato importante para que haja mobilização de glicose do fígado e ácidos graxos do tecido gorduroso para produção de energia às células musculares.

Outro motivo muito importante, é para evitar a hipoglicemia (baixo açúcar no sangue), o qual poderia trazer complicações graves ao paciente.

Nos diabéticos do tipo 1(DM1), como não há produção de insulina, essa redução não acontece, e essa modulação da quantidade adequada de insulina no sangue se torna dependente da dose do medicamento administrado no decorrer do dia.

A falta de insulina causa uma mobilização excessiva de ácido graxos, podendo levar a produção e liberação de cetonas pelo fígado, levando a cetose diabética, trazendo malefícios ao paciente.

O exercício físico estimula a captação de glicose pelas células musculares, independente da ação da insulina, fazendo com que a glicemia diminua.

Benefícios dos Exercícios para Diabéticos

Dentre os benefícios do exercício para os diabéticos, podemos citar:

  • Redução da resistência insulínica
  • Aumento da ação da insulina e dos hipoglicemiantes orais
  • Captação de glicose no período pós-exercícios
  • Controle do peso corpóreo
  • Auxílio da redução do colesterol e triglicerídeos
  • Redução da pressão arterial
  • Melhora na sensação de bem estar

Cuidados ao Praticar Exercícios para Diabéticos

Um acompanhamento médico é essencial, principalmente para paciente com doenças crônicas como o DM. Mesmo com tantos benefícios, é importante o paciente saber seus limites e complicações possíveis, tais como:

  • Hipoglicemia
  • Hiperglicemia e cetoacidose para DM1
  • Desenvolvimento de úlceras nos pés
  • Hipertermia
  • Hipertensão
  • Hemorragia retiniana

A prescrição de exercícios para os diabéticos deve ser individualizada, levando em conta o aumento da capacidade cardiorrespiratória, força, flexibilidade e melhora dos parâmetros metabólicos (glicemia e hemoglobina glicada).

Deve-se levar em conta a afinidade do paciente pelo esporte a ser praticado, para que além dos benefícios já mencionados, não haja descontinuidade das atividades.

As taxas glicêmicas devem ser mensuradas, e a adequação dos exercícios, tanto duração como intensidade, devem ser programados de acordo com as repostas metabólicas.

Os benefícios de uma atividade física regular são muitos, e ainda mais importantes para pacientes diabéticos.

O acompanhamento com profissionais da saúde, como médicos, nutricionistas, educadores físicos, psicólogos, é de extrema importância para que se tenha um melhor resultado e de forma mais saudável, minimizando ao máximo as complicações da doença.


 

ebook_10_melhores-sucos-detox-para-emagrecer

Baixe GRÁTIS o Ebook  "10 Melhores Sucos Detox para Emagrecer"!image/svg+xml
Compartilhe esse artigo e tenha acesso imediato ao Ebook GRÁTIS!



Atenção: O Dia de Saúde é um meio de divulgação, em linguagem acessível, sobre temas relacionados a saúde e bem estar. Toda a informação contida no site não deve ser utilizada para substituir qualquer diagnóstico ou prescrição médica. Recomendamos que o leitor sempre consulte um profissional de saúde.